breaking news

ENFIM… SOMOS PORTUGAL!!!

Janeiro 22nd, 2010 | by Carlos Correia

Tendo aceite o convite formulado pelo Odivelas.com, através do seu director, sr. Paiva Setúbal, é com o maior prazer que irei procurar dar algumas opiniões e também criar algum debate público, sobre assuntos que se encontram na ordem do dia, quer a nível local, quer a nível nacional.
Penso que da discussão nasce a luz, e portanto, irei estar disponível para debater ideias e preocupações que os leitores possam ter, mas também, e como será um espaço de opinião, dar algumas pessoais sobre assuntos que considere pertinentes.
A nível local, irei procurar acompanhar as novidades, que a Câmara Municipal de Odivelas, e o PS, como partido no poder, apresentam e a forma de resolução de vários casos que têm vindo a público, como o caso do espaço lúdico da Ribeirada, em que se verificou, um mau acto de gestão?, por parte da Câmara, não fazendo, pelos vistos, o devido acompanhamento da obra realizada.
Irei procurar também estar atento, ao aparecimento de uma oposição, que se perfila, no PSD local, com o seu rosto mais visível e coordenador, João Carvalho, através de um projecto que dá pelo nome de Odivelas com Verdade.
Verificamos, assim, que o PSD se encontra neste momento em ebulição, quer a nível nacional, com o Congresso, que foi anunciado pela presidente do PSD, dra. Manuela Ferreira Leite, antes das eleições directas, quer a nível local, com o aparecimento de novas ideias e projectos, para o concelho de Odivelas.
A nível nacional, acompanharei o flagelo que neste momento atinge o País, com o desemprego, que cada vez mais, o seu principal problema não será o número de desempregados, mas sim, o tempo de duração que o mesmo atinge, sendo cada vez maior o desemprego de longa duração, não se verificando por parte do governo, medidas concretas no sentido de minorar este mal que grassa na economia portuguesa.
Verificamos que os portugueses cada vez se encontram mais endividados, havendo um crescimento exponencial da dívida pública e devendo um ano da produção do país, para liquidação da mesma.
O país não apresenta um crescimento da economia que permita diminuir o défice e já se fala num aumento dos impostos, de forma a minorar os danos causados. Mais uma vez verifica-se a tentativa de resolução do défice, pelo lado da receita e não, como deveria ser óbvio, pelo lado da despesa.
O governo em vez de se procurar nivelar a nível de impostos, pelos países escandinavos, poderia nivelar-se, isso sim, que esses impostos cobrados fossem usados em prol do cidadão, como se faz nesses mesmos países, a nível de saúde, educação, etc..
Mas enfim, preferimos discutir e aprovar outros projectos, que também têm o seu lugar, mas, que neste momento farão parte de um programa de governo, que terá assuntos mais importantes e mais prementes para o País real.
Ficamos a saber que Portugal tem mais de um milhão de portugueses que sobrevivem, sim sobrevivem, com menos de 15 euros/dia, estando Portugal situado entre os países que viram aumentar, a pobreza mais rapidamente. Somos afinal, um país que se encontra entre os países mais desenvolvidos, ou seremos um País, fraquiiinhooo… que procura demonstrar aquilo que não é, para a maioria dos portugueses.
Ou já nos esquecemos, também, que há uns meses atrás, também éramos dos países com a maior diferença de rendimentos entre os seus cidadãos, entre os mais ricos e os mais pobres?
Como será quando se verificar o aumento das taxas de juro no segundo semestre do ano, conforme prevêem a maioria dos economistas?
Como será com o aumento do crude?
Enfim… somos Portugal!!!

José Carlos Correia
Economista

——————————————————————-

A Informação aqui contida é da inteira responsabilidade dos respectivos autores e não poderá ser reproduzida/copiada na sua totalidade ou parcialmente sem a sua autorização

Comments are closed.