breaking news

24ª. TERTÚLIA Conversas com Prinicipio e Fim

Junho 1st, 2010 | by Odv

TÍTULO: SABER COMER, SABER VIVER

No passado dia 26 de Maio, realizou-se na Soc. Musical Odivelense a 24ª. tertúlia das “Conversas com Princípio e Fim”, neste evento estiveram presentes 103 tertulianos, aos quais foi apresentado o tema “Saber Comer, Saber Viver”, desta vez a convidada de Carlos Moura foi a nutricionista, Drª. Rita Dias.

A palestrante baseou a sua apresentação numa série de diapositivos, visando abordar a roda dos alimentos, as voas escolhas alimentares, erros alimentares, frequentes, regas para uma alimentação saudável, alimentos para seniores e um breve apontamento sobre dias de festas.

Quanto à nova roda de alimentos ela é, actualmente, composta por sete grupos com propriedades semelhantes, a reter:

Cereais e derivados e tubérculos 28%
Hortícolas 23%
Fruta 20%
Lacticínios 18%
Carne, pescado e ovos 5%
Leguminosas 4%
Óleos e gorduras 2%

 

Continuando a sua palestra, a Drª. Rita Dias informou-nos ue, em seu entender, uma alimentação saudável deve ser completa, equilibrada e variada e sobre a obesidade disse-nos que a mesma é considerada já a epidemia do século XXI.

Sobre as escolhas alimentares que devemos ter em conta quando estamos no supermercado a Palestrante sugeriu-nos que o nosso cabaz de compras deve contemplar:

– Lacticínios (iogurtes, leite e queijo magro);

– Legumes e fruta, carnes magras, peixe e ovos;

No tocante aos erros alimentares a convidada chamou-nos a atenção para, nomeadamente, o sal a mais, abuso de bebidas alcoólicas, muita ordura, abuso dos açucar e comer em quantidade excessiva.

Em termos de alimentação a convidada das Tertúlias, deixou algumas sugestões das quais destacamos:

– Tomar sempre o peque-almoço logo após o acordar;

– Tomar duas a três almoçadeiras de leite por dia;

– Comer, diariamente, legumes e hortaliças aconselhadas pela Roda do Alimentos;

– Evitar os fritos, assados, molhos com gordura;

– Eliminar ou reduzir o sal;

– Reduzir o consumo de açucar e produtos açucarados;

– Beber bastante água ao longo do dia (cerca de 1,5 litro);

Sobre a alimentação para seniores, a Drª.Rita Dias, disse-nos que os mesmos devem:

– Ter uma alimentação variada para evitar carência de nutrientes;

– O tempo entre refeições não deve exceder as 3 ou 4 horas;

–  Beber água (1,5 litro)  mesmo sem sede;

– Reduzir a ingestão de sal (optar por ervas aromáticas, limão, oregãos, salsa, coentros, etc);

– Optar por produtos de fácil mastigação (empadão, almôndegas, etc);

Sobre a sopa, a palestrante apontou uma série de boas razões para comer sopa, pelo interesse destacamos:

– É de fácil digestão;

– É saciente;

– Regula o apetite;

– Forne substâncias oxidantes e protectoras;

– E de baixo valor calórico;

– Previne a obesidade;

– É uma boa regualadora dos níveis de colesterol;

Falando em dias de festa, foi-nos sugerido que devemos substituir as batatas fritas por frutos desidratados e optar por sobremesas como gelatinas e saladas de fruta.

Sobre as regras de Segurança Alimentar em nossas casas devemos ter atenção, nomeadamente, a:

– Arrefecer alimentos antes de os colocar no frio (sopas);

– Não misturar alimentos crus com confeccionados;

– Cozinhar bem os alimentos (bem passados);

– Descongelar alimentos no frigorífico, nunca em cima de bancadas nas nossas cozinhas.

Porque o tema em análise era propício a dúvidas, foram colocadas, à Drª. Rita Dias,   algumas questões relacionadas, nomeadamente, com o modo de fritar alimentos, tipos de leite, alergias a este alimento, pastilhas adoçantes,  periodicidade de se comerem ovos, ingestão de marisco e sobre a leitura de rótulos de embalagens, devemos ter em atenção que o açúcar aparece, por vezes, com outras denominações, tais como: sacarose, glucose, dextrose, frutose, etc, etc.

Pensamos que todos tiveram respostas às suas dúvidas, ficou no ar a ideia que o assunto não ficou esgotado nesta tertúlia, pelo quando houver uma nova oportunidade a Drª. Rita Dias estará, novamente, connosco.

Registamos, também, que foram distribuídos individualmente brochuras da nova roda dos alimentos, facultados convidada das tertúlias, pela Direcção Geral do Consumidor, para mais elementos contactar: rodadosalimentos@dg.consumidor.pt, e www.consumidor.pt, o referido documento está muito bem elaborado e bem documentado com imagens, a não perder.

A propósito de “roda dos alimentos”, referimos que a organização das Tertúlias ofereceu a todos os presentes um bolo com doze kilos confeccionado pelo Centro de Formação da Indústria Alimentar, da Pontinha, o qual no meio tinha uma “roda dos alimentos”, muito bem feito a revelar um trabalho extraordinário, os seus executantes estão de parabéns;

A Drª. Rita trouxe-nos, também, uma outra “roda de alimentos”, montada numa mesa redonda, esta feita com produtos a sério..

Referindo o habitual sorteio de livros, cd´s, dv´s, desta vez as ofertas foram dos tertulianos, Mimi, Dalila Abelho, Ana e Eurico Costa, Lídia Dias, Livraria Bulhosa, na pessoa do Sr. Jorge Peres, do Jornal Triângulo da organização das Tertúlias, e convites para espectáculos do Centro Cultural Malaposta, e como o evento estava relacionado com a alimentação, Carlos Moura ofereceu pacotes de massinhas, colheres para o mel, para provar sopas, uma miniatura de um rolo da massa, peças para fazer recortes em massa folhada, estes últimos prémios foram entregues debaixo de enormes gargalhadas pois todos estavam surpreendidos pela oportunidade dos mesmos, a todos a organização das Tertúlias agradeceu as ofertas.

Registamos com muito agrado a colaboração da Colaboração da Câmara Municipal de Odivelas, no tocante ao fornecimento do equipamento de som, ao Jornal Triângulo,  Jornal de Odivelas e à OdivelasTv, pela referência que fizeram a esta tertúlia, ajudando, deste modo, à promoção deste evento cultural e informativo.

A próxima tertúlia terá lugar no próximo dia 30 de Junho às 17,00 horas, para além de algumas surpresas, vamos brincar com os Santos Populares.

Carlos Moura

Comments are closed.