breaking news

Município de Odivelas – Dívida a Fornecedores e à Banca atingiu os 66,1 Milhões de Euros em Outubro/2010 [vídeo]

Janeiro 9th, 2011 | by Antonio Tavares

Município de Odivelas – Dívida a Fornecedores e à Banca atingiu os 66,1 Milhões de Euros em Outubro/2010.

Uma nota prévia para esclarecer que as informações constantes deste artigo são unicamente resultado do que ouvimos e gravámos na Assembleia Municipal de 16/Dezembro dado que, o documento, distribuído aos Deputados Municipais, nos foi negado pelo executivo por ser considerado confidencial. Estávamos convencidos que iríamos ter acesso a este e outros documentos e portanto essa é a razão por só agora avançarmos com a publicação.   

A situação financeira do Município de Odivelas foi apresentada na reunião da Assembleia Municipal de 16/Dezembro pela Presidente Susana Amador. Xara-Brasil, deputado municipal da oposição, pelo CDS/PP, contestou algumas das opções, na sua opinião “Faraónicas”, e apresentou números de dezenas de milhões de dívidas a fornecedores a mais de 6 meses e 1 ano.

Partindo de uma dívida a Fornecedores e à Banca de 66,1 Milhões de euros, sendo 40,4 Milhões relativos à Banca e 25,7 Milhões a Fornecedores, a Presidente Susana Amador salientou que há obrigações do Estado por cumprir nomeadamente do Ministério da Educação sendo 4,4 Milhões de euros relativos à Escola de Porto Pinheiro e 3 Milhões de euros da Escola Gonçalves Crespo.

A Presidente Susana Amador assumiu ainda que em Dezembro/2010, o Prazo Médio de Pagamento a Fornecedores atingiu os 168 dias.

A margem de endividamento do Município de Odivelas era, à data de Outubro, pouco confortável, rondando os 9,9 Milhões de euros.

Xara-Brasil do CDS/PP, declarou que, no que respeita à Dívida a Fornecedores, ela está assim representada:

< 4 meses     –          4,8 Milhões

< 6 meses     –          8,6 Milhões

> 6 meses        –  14,508 Milhões dos quais 7,7 Milhões há mais de 1 ano.

Sem o documento em causa, pelo exposto acima, vamos limitar-nos a anexar o vídeo.

Qualquer Cidadão que pretenda ter acesso à Situação Financeira do seu Município deverá dirigir-se aos Serviços da Assembleia Municipal ou aos Partidos Políticos nela representados: CDS/PP, MPT, PPM, BE, CDU/PCP/PE, PS, PSD.

António Tavares

Comments are closed.