breaking news

Legislativas no Concelho de Odivelas – Comparando os resultados de 2009 e 2011

Junho 8th, 2011 | by Antonio Tavares

Em Odivelas e comparando os resultados das legislativas de 2011 e 2009 a primeira grande evidência é o salto enorme do PSD, passando de 16.624 votos em 2009 para 23.768 em 2011.

Por seu lado o PS perde em 2011 neste comparativo 5.143 votos para o PSD.

Votaram em 2011 mais 1.411 eleitores.

Merecem nota as quedas do PCP, menos 397 votos e a queda acentuada do BE (48,69%) que passou de 8342 votos em 2009 para 4280 em 2011.

Legislativas - Odivelas - 2011

Os votos em branco aumentaram, 1.996 em 2011 contra 1.315 em 2009. Os votos nulos passaram de 1.137 em 2009 para 1.164 em 2011.

Considerando os que ganharam votos:

PSD + 7.144 e CDS + 1.817

Os que perderam votos:

PS – 5.143, BE – 4.062, PCP – 397

Legislativas - Odivelas - 2009

A análise mais simples diria que os votos de PS e BE foram transferidos para o PSD e o CDS e outra, mais elaborada, que grande parte dos votos agora perdidos pelo BE eram votos de protesto de socialistas que agora voltaram ao PS ou, votos uteis contra o PSD, pelo que a transferência de votos do PS (eleitores flutuantes) para o PSD e o CDS foi, não de 5143 mas, de cerca de 9.000, correspondentes aos ganhos do PSD+CDS ou seja 8.961. Têm sido aliás estes eleitores flutuantes que sempre têm decidido as eleições para o PS ou para o PSD.

As consequências no Concelho de Odivelas em termos de Autárquicas, dado tratar-se de Eleições distintas, não são diretamente proporcionais às Nacionais mas, com tão grande intervalo de vitória nas Nacionais em Odivelas do bloco PSD/CDS e considerando que o PS em Odivelas ganhou por escassa margem, 1.190 votos, se as Eleições Autárquicas fossem hoje dificilmente o PS voltaria a ganhar. No entanto, faltam 2 anos para as próximas Eleições Locais e com o desgaste natural que todos os partidos no poder sofrem e com a situação do País que vai obrigar a várias medidas impopulares, o futuro vai depender em muito do desempenho do governo local e dos candidatos.

Para o PSD em Odivelas, a sua aliança com o PS na gestão Municipal onde tem apoiado todas as decisões do seu parceiro socialista vai impedi-lo de se desmarcar da governação local apresentando-se como alternativa perante o povo eleitor e, a não ser que rompa o acordo pelo menos um ano antes ou quem sabe nos próximos tempos, terá tarefa árdua para convencer o eleitorado fazendo sentido mais uma vez um candidato exterior ao Concelho.

A grande incógnita será se esta aliança PS-PSD em Odivelas se vai manter e até quando.

Autárquicas - Odivelas - 2009

Uma nota final para as relações locais entre PSD e CDS em coligação nacional no futuro governo e, em oposição constante no Município de Odivelas.

António Tavares

 

Comments are closed.