breaking news

OdivelasTV – “Fórmula Resolvente” – Reforma do Sistema Político e o Incidente [vídeo]

Junho 29th, 2011 | by Odv

OdivelasTV – “Fórmula Resolvente” – Reforma do Sistema Político e o Incidente.

Para este ultimo “Fórmula Resolvente” antes das férias, os convidados foram os 3 residentes, Oliveira Dias, Barão das Neves e Luís Martins. Luís Martins por questões de última hora não pôde estar presente.

Os dois grandes temas em debate, escolhidos pelos convidados, foram:

– Reforma do Sistema Político Português por Barão das Neves (BN)

– O Incidente na reunião pública de Câmara por Oliveira Dias (OD)

O número de eleitos nas Assembleias Municipais e nas Assembleias de Freguesia… há ali pessoas que estão ali só por estar – BN.

A Líbia como exemplo de democracia não serve – BN.

As eleições foram uma grande vitória do Partido Social Democrata – BN.

Estamos em estado de graça – BN.

O BE foi o grande derrotado – BN.

O CDS também ganha sempre… O Dr. Paulo Portas está há 14 anos no CDS e em 14 anos manteve a mesma percentagem e perdeu 8 Câmaras – BN.

A Reorganização Administrativa e a Troika.

Eu sou altamente crítico aquilo que o António Costa fez em Lisboa pela forma como esta a ser feito não pelo conteúdo – OD.

Eu se fosse membro de uma Freguesia em Lisboa não aceitaria que uma outra Autarquia que não tem nada a ver com a minha viesse decidir ou propor coisas que afetam diretamente a minha Autarquia – OD.

A Freguesia e o Município são Autarquias autónomas, Independentes – OD.

Todos nós sabemos, veja o caso de Odivelas, as Freguesias que são da cor política dominante na Câmara têm um tratamento e as que não são têm outro – BN.

A Freguesia não devia ser uma Autarquia. Podíamos manter o território da Freguesia mas não teria órgãos e quem superentendia sobre este território seria o Município – OD.

Sou apologista da extinção das Freguesias enquanto Autarquias – OD.

Há Presidentes de Junta que acham que são os Xerifes da quinta e portanto nem querem que a população tenha muitas relações com o Poder Local OD.

O Protocolo de Delegação de Competências é inconstitucional. Não pode haver delegação de competências entre entidades que são autónomas  – OD.

Quantos órgãos é que nós temos ao nível Municipal? – Temos a Assembleia Municipal, a Câmara Municipal e o Presidente da Câmara Municipal. A Constituição diz que só há dois. Logo a circunstância de termos um Presidente de Câmara órgão executivo individual é inconstitucional – OD.

O Presidente de Junta também já é um órgão e a Constituição não o prevê – OD.

Comportamentos de machos dominantes – OD.

Estando lá uma televisão e não estando lá o público aquilo tem muito público –OD.

Crimes contra órgãos constitucionais. Autoridades Administrativas.

Ainda bem que a Dra. Susana Amador apareceu – BN.

Eu acho que foi uma vergonha – BN.

Ele não tem condições para estar ali. Demita-se e vá-se embora (referindo-se a Mário Máximo) – BN.

O Vice-Presidente agiu como Vereador não agiu como Presidente em exercício. Meteram-lhe a casca de banana – OD.

O que falhou aqui – O Vereador Mário Máximo tem alguma dificuldade em se desligar da sua função de Vereador – OD.

O abandono de um órgão desta natureza implica registo em ata de uma falta injustificada e o que a gente viu é que os senhores voltaram portanto é uma baderna – OD.

A gritaria é comum – BN.

Mas qual banana? Ele é algum menino? Então não tem categoria para ser Vice-Presidente – BN.

Aquele senhor que foi um erro de casting em relação ao Partido Socialista, ele nas próximas eleições não vai lá, talvez possa voltar para o olival de basto mas ali não vai porque ele não tem categoria para estar ali – BN.

Não foi um bom serviço prestado à Democracia – Paiva Setúbal.

Comments are closed.