breaking news

O Futuro para o Património no Concelho de Odivelas é um Futuro Negro [vídeo]

Julho 8th, 2011 | by Antonio Tavares

Odivelas, que futuro para o Património?

O filme em anexo contém a intervenção da Dra. Máxima Vaz no programa “Quintas do Jaime” dedicado à Ramada, no passado dia 7 de Julho de 2011.

Na intervenção da Dra. Máxima Vaz mereceu especial destaque o Castro da Amoreira.

Algumas notas da intervenção:

Um Povo sem passado é um Povo sem futuro.

Lamento muito que em Odivelas se omita e se apague até o passado.

A Câmara de Loures fez prospeção, estudou o património, protegeu-o, deu-o a conhecer, fez a carta arqueológica do Concelho de Loures que incluía Odivelas, protegeu esses monumentos com Decretos-Lei.

As obras falam por nós.

Nem os Monumentos Nacionais se respeitam.

O futuro neste aspeto é um futuro negro. O futuro para o Património no Concelho é um futuro Negro.

As pessoas não podem levar a mal que haja quem defenda acima de tudo aquilo que é Nacional, aquilo que é Municipal e que não se importe com aquilo que as pessoas podem achar.

Citando o Arqueólogo Gustavo Marques, “O Castro da Serra da Amoreira, da idade do ferro, é um dos mais notáveis do Sul do País”, e ainda, “É contemporâneo do castro do povoado que se encontrou no claustro da Sé de Lisboa e do povoado onde se construiu o que é hoje o Castelo de Lisboa e do castro do Socorro de Torres Vedras e, todos estes, se avistam do Castro da Amoreira.”

António Tavares

Comments are closed.