breaking news

Susana Amador abandona liderança da Concelhia do PS Odivelas

Setembro 21st, 2011 | by Miguel Durão

A presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Susana Amador, renunciou ontem à liderança da Comissão Política Concelhia (CPCO) do PS de Odivelas.

Recentemente eleita para os órgãos nacionais dos socialistas e Secretária Nacional Adjunta, vieram a público várias dúvidas sobre a compatibilidade ou não, de exercer ambos os cargos. Para evitar situações menos claras, a edil renunciou ao cargo de presidente do PS Odivelas, numa reunião do Secretariado da Comissão Política Concelhia de Odivelas (CPCO), ontem realizada.

Os estatutos do PS são, no ponto 4 do n.º 20, claros: “Nenhum militante pode acumular o exercício de mandatos em órgãos executivos nacionais, regionais, federativos e concelhios.” Torna-se claro que a presidência da concelhia e as funções no Secretariado Nacional são ambas executivas. O ponto seguinte dos estatutos determina que “a eleição de um militante para o exercício de mandato em órgão executivo implica a extinção imediata de mandato para que tenha sido anteriormente eleito e que com este seja incompatível nos termos do número anterior”. Foi assim que aconteceu na noite de terça-feira, com a renúncia às liderança da CPCO do PS de Odivelas.

Até às eleições marcadas para Março ou Abril do próximo ano, a liderança deste órgão está entregue ao vice-presidente, Mário Máximo.

Susana Amador estava no cargo desde 2005.

Miguel Durão

Comments are closed.