breaking news

Odivelas às Compras – Um Projeto Inconsequente e um Pedido de Investigação à Presidente Susana Amador [vídeo]

Outubro 10th, 2011 | by Antonio Tavares

Tendo vindo a acompanhar o “Odivelas às Compras” desde que foi anunciado, tenho deixado passar algum tempo na expetativa de que o respetivo sítio na internet, www.odivelascompras.com, ganhasse corpo e dimensão condizente com os propósitos anunciados pela Presidente Susana Amador e pelo Vereador responsável Mário Máximo. Acontece que, no meu entender, as piores perspetivas se concretizaram. Neste momento está um site na Internet, www.odivelascompras.com , que não serve de modo algum o comércio local nem tem qualquer componente do comércio eletrónico que lhe acrescente valor e justifique as dezenas de milhares de euros que nele foram investidos e, não se fale em modernidade que sites com estas características são aceitáveis, quando muito, quando produzidos no  inicio dos anos noventa (do século passado).

Resultado de um protocolo entre a Câmara Municipal de Odivelas e a Associação Empresarial Comércio e Serviços de Loures e Odivelas que estabelece um investimento total de 50.000 Euros, para além dos custos de hardware e software bem como dos custos de comunicação à Internet, suportados pelo Município de Odivelas, o “Odivelas às Compras” representa um investimento direto do Município de Odivelas de 35.000 Euros sendo que o restante é a fundo perdido (o valor de 35.000 euros é o referido no vídeo em anexo pela Presidente, embora as contas não confiram relativamente à percentagem a fundo perdido e ao valor total do projeto. Algo deve estar errado)

Antes do mais quero dizer-vos que a primeira impressão que retirei do ponto de vista técnico é que foi tido um especial cuidado em esconder tudo o que pudesse ter a ver com o sítio na internet e com o domínio “odivelascompras.com” pelo que, num projeto público com dinheiros públicos, tudo deveria ser transparente e não é, muito pelo contrário. Acontece que estão investidos 50.000 Euros num domínio “Odivelascompras.com” e ninguém consegue saber em nome de quem está registado esse domínio, Porquê? Então, estão verbas públicas investidas num sítio de que não é transparente quem é o proprietário? Saberá o Município de Odivelas, que investiu 35.000 Euros, quem é o proprietário do domínio?

Primeira Sugestão: que se torne público quem é o proprietário do domínio “odivelascompras.com” desbloqueando na internet a respetiva informação (1).

Como informação adicional digo que faria muito mais sentido ter sido criada a marca e depois criado um domínio .PT como é natural e faz todo o sentido em projetos Institucionais deste tipo, sendo que um domínio .COM qualquer pessoa pode registar.

A estrutura do “odivelascompras.com” é muito simples sendo composta de 3, repito Três Páginas aspx :

http://193.126.122.193:8088/Default.aspx

http://193.126.122.193:8088/Home.aspx

http://193.126.122.193:8088/Utils/Thumb.aspx esta gerada automaticamente no momento.

O resto dos conteúdos do sítio são fotos e rotinas javascript. As fotos residem no servidor como por exemplo: http://193.126.122.193:8088/img/stores/BombVol_16abc_foto.jpg

Mais importante de que a construção de um sítio na Internet é sem dúvida a sua manutenção. Já verificaram que as montras, porque é de um conjunto de fotos de montras que se trata, continuam inalteráveis (algumas com as grades fechadas)? Já pensaram que há necessidade de uma atualização no mínimo semanal? A dinâmica do comércio real e concreta é de tal ordem que acontece que numa semana poderá mudar não só o ramo de negócio como inclusivamente o nome da loja.

Neste caso particular e tendo em conta os objetivos constantes do protocolo celebrado, digo para simplificar, que nenhum dos objetivos está atingido:

  • Potenciar a imagem de modernidade de Odivelas – Objetivo não atingido. O interface e a ausência de qualquer componente de comércio eletrónico remete-nos para um sítio na Internet do início dos anos 90. Já ouviram falar em Web 2.0?
  • Potenciar a geo-referenciação e apresentação das montras do comércio – Objetivo não atingido. Não há indicações de geo-referência… a não ser que considerem a Rua e o número da porta como latitude e longitude. A apresentação das montras até pode ser contra-procedente porque na esmagadora maioria das montras, os artigos e as promoções, nada têm a ver com a atualidade (quando são visíveis).
  • Potenciar novos canais de comunicação dos lojistas através das suas montras virtuais e da sua gestão autónoma para promoções, atividades especiais e eventos, ofertas de emprego, informações ao cliente, fotografias adicionais, reservas e encomendas. Objetivo não atingido. Quanto ao novo canal de comunicação digo que é simplesmente ridículo até porque o único meio de comunicação é o telefone, quando consta, mas para isso já temos as listas telefónicas classificadas há umas dezenas de anos. Tudo o resto que se fala neste ponto não corresponde à realidade. Gestão autónoma de Promoções? Informações ao cliente? Etc, etc. Meus amigos, aquilo são um conjunto de fotos de montras, simplesmente isso. Não inventem.
  • Inclusão de Vídeos Promocionais. Objetivo não atingido. Até ao momento não consegui descobrir qualquer vídeo de qualquer lojista.
  • Alargar a promoção de oferta do Comércio Local de Odivelas para fora do Concelho. Objetivo não atingido. Fica o meu pedido de que, por favor, não cometam a imprudência de divulgar o “Odivelas Às Compras” fora do nosso Concelho como plataforma de apoio ao Comércio Local porque ficaríamos todos cobertos de ridículo e não há necessidade.

Não entrando em outras considerações de valor, tenho alguma dificuldade em acreditar que, a empresa que desenvolveu o sítio “odivelascompras.com”, tenha recebido 50.000 Euros pela sua construção.

Fica um pedido direto à Senhora Presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Dra. Susana Amador, para que seja constituída uma comissão que investigue este Projeto “Odivelas às Compras”. Sugiro que essa mesma Comissão integre um elemento com conhecimentos de “Web Development” indicado por cada uma das bancadas da Assembleia Municipal.

As informações constantes deste texto foram retiradas exclusivamente da Internet e da cópia do protocolo que solicitámos ao Gabinete de Comunicação da Câmara Municipal de Odivelas.

António Tavares

(1) Whois do domínio odivelascompras.com

Comments are closed.