breaking news

Odivelas – Precisa-se de Projeto Desportivo Sustentável que dê Garantias, para Os Terrenos do Odivelas FC Retornados à Câmara Municipal [vídeo]

Fevereiro 8th, 2012 | by Antonio Tavares

Os terrenos do Odivelas FC retornaram oficialmente à Câmara Municipal de Odivelas no passado dia 1 de Fevereiro de 2012.

Numa longa entrevista com o Vereador da Câmara Municipal de Odivelas, Hugo Martins, responsável pela área do Desporto, colocámos algumas questões, algumas delas relacionadas com o processo do Odivelas FC.

A questão central à roda da qual girou toda a conversa foi: Que solução para os Terrenos retornados à Câmara Municipal?

Do filme em anexo algumas notas:

Regularizar as situações do ginásio, do bar, dos contadores, a antena da Vodafone (900€ /mês).

O acordo com o SLB é para continuar com os infantis.

“O Projeto que mais horas de sono me tirou foi o processo do Odivelas FC” – (Hugo Martins).

O administrador da insolvência do Odivelas FC irá entregar o remanescente do valor do acordo com o SLB à Câmara Municipal e será esta a assegurar as condições para a execução do protocolo.

Não há até à data qualquer compromisso com qualquer entidade.

No prazo de 60 dias haverá uma decisão.

Ou a Câmara faz daquele espaço um complexo desportivo municipal ou irá concessionar o espaço a alguém.

A CMO vai de imediato proceder a uma limpeza geral por uma questão de saúde pública.

A recuperação do Complexo Desportivo terá um custo aproximado de 1 Milhão de euros.

Manchester City e Real Madrid são hipóteses.

A prioridade será sempre a formação.

“A minha vontade é lançar um desafio aqueles que queiram vir à CMO por bem e com um projeto de qualidade e com garantias” – Hugo Martins.

Humberto Fraga foi um dos canais para a aproximação do SLB.

A extensa entrevista que o Vereador Hugo Martins nos concedeu no passado dia 1 de Fevereiro aborda os temas:
Obras Municipais, Transportes: A Renovação da Frota, Desporto: GCO, Tenente Valdez, Santa Maria, Pavilhão do Silvado, Odivelas FC e o Pavilhão Multiusos.
Iremos publicando os temas individualmente para além de publicarmos na integra a entrevista com cerca de 1 hora e 50 minutos.

António Tavares

Comments are closed.