breaking news

Entrega do Complexo Desportivo do Odivelas FC ao Sporting – “Um processo sem Transparência” – Fátima Amaral da CDU

Maio 6th, 2012 | by Antonio Tavares
Entrega do Complexo Desportivo do Odivelas FC ao Sporting – “Um processo sem Transparência” – Fátima Amaral da CDU
Desporto
0

O Complexo Desportivo do Odivelas FC e a sua entrega ao Sporting CP foi o grande debate na Assembleia Municipal de 2 de Maio de 2012.

Das muitas dúvidas e atropelos em todo este processo merecem especial nota o facto das questões legais levantadas por muitos e, de todo o processo ter sido conduzido na sombra. A reunião de Câmara em que foi aprovada a cedência não foi pública portanto sem acesso dos Munícipes e da Comunicação Social e, o documento não passou pela Comissão do Desporto da Assembleia Municipal como aliás refere o seu coordenador Paulo Pinheiro.

Fatima Amaral – O Odivelas FC e a Falta de Transparencia

Num processo em que não há inocentes e os Vereadores da CDU, Rui Francisco e Natália Santos bem como os Independentes, Paulo Aido e Hernâni Carvalho, ao não votarem contra em reunião de Câmara, deram mais um trunfo ao executivo PS – PSD, que aliás aproveitou bem ao longo desta Assembleia Municipal de 2 de Maio para afirmar repetidamente que esta decisão da Câmara Municipal tinha sido aprovada sem votos contra, fica-nos a ideia que ainda haveremos de voltar a este assunto muitas vezes.

No que toca à intervenção em anexo de Fátima Amaral da CDU, referir a sua afirmação: “Na verdade todo este processo, é um processo que não tem a transparência nem a clareza que se pretende que tenha e não é só porque se declara que tem, que tem efetivamente”.

No PCP/CDU fica alguma contradição pelas posições assumidas na reunião de Câmara e na Assembleia Municipal. A frontalidade de Fátima Amaral e Lúcia Lemos na Assembleia Municipal não são compatíveis com a atitude assumida pelos Vereadores da CDU aquando da votação em reunião de Câmara, optando Rui Francisco por sair da sala para não tomar posição e Natália Santos por se abster.

António Tavares

Comments are closed.