breaking news

Esta é dedicada ao PSD e CDU de Odivelas

Maio 11th, 2012 | by Odv

Não sendo meu hábito escrever sobre programas em que tenha participado, desta vez, dada a relevância do programa sobre a “fundação do Município de Odivelas”, onde dois deputados municipais, portanto vozes autorizadas, marcaram presença, e eu próprio, portanto a vóz menos autorizada para debitar seja lá o que for, sobre a magna matéria da fundação de Odivelas.

Podia naturalmente verberar, como já o fiz de resto, mas de forma muito sub-liminar, do pouco ou nenhum contributo para a causa Odivelense, de alguns (muitos) dos que hoje se arrogam a arautos da causa. Mas não o vou fazer.

O que me motiva, é um outro assunto, o qual confesso foi um mistério, para mim, durante estes 14 anos, mas sobre o qual a luz foi finalmente derramada, e vejam lá por quem, por dois deputados municipais, que só o são, em Odivelas, por causa do trabalho que os fundadores tiveram – as ligações partidárias do Movimento Odivelas a Concelho (MOC).

Então a tese osbtinadamente acarinhada por estes dois representantes do PSD e CDU é a seguinte: “O MOC não contou nada para o campeonato” … e “O MOC era uma iniciativa do PS, pois 95% dos seus membros eram militantes socialistas”.

Ora a primeira afirmação é-me absolutamente indiferente, e não me suscita qualquer comentário, por desinteressante. Mas a segunda afirmação, essa, mexeu comigo.

Claro que nenhum daqueles dois deputados alguma vez se deu ao trabalho de ver o trabalho do MOC, o que daria trabalho tal a quantidade, pois se o tivessem feito veriam que a “partidarite” era algo que não fazia parte do projecto do MOC de então.

Ah mas aquilo era tudo gente do PS. Diziam os senhores deputados. Intrigado, e desconfiado que a memória me atraiçoasse, pois já lá vão 25 anos que ando nisto, fui consultar a lista dos 14 membros fundadores do MOC.

Cheguei a conclusões espantosas e que me proponho aqui revelar em primeira mão, e confirmar que, sim é verdade, há uma organização que se destaca, ao analisarmos as ligações dos membros do MOC.

Senão vejam:

8 dos membros eram (e ainda são) militantes do PS;

1 dos membros era militante do PSD, sendo hoje Presidente da junta de Freguesia de Odivelas, o meu querido amigo Victor Machado;

1 dos membros era militante do PCP, desconhecendo se ainda mantém essa condição;

Os restantes 4, ao que então se sabia, não tinham qualquer filiação partidária;

O Dr. Notário, confesso que desconheço a sua filiação partidária também.

Isto no que concerne aos fundadores do MOC, pois houve outros que aderiram ao movimento, dos quais destaco o colega do Fórmula Resolvente, Barão das Neves, então do CDS, e outros, dos quais se não conheciam as filiações partidárias … simplesmente porque isso era para nós, do MOC, absolutamente indiferente, até os estatutos, que os senhores deputados não leram, o proibiam.

Mas … pasmem-se lá todos, encontrei uma tenebrosa ligação de TODOS os membros fundadores do MOC com uma instituição, e que assim, na tese dos senhores deputados municipais que a veicularam (a tese das ligações que cataloga a malat do MOC com), faz dessa instituição a principal mentora do projecto !!!!!!!

Senão vejam :

TODOS os fundadores foram baptizados sob os auspicios da Santa Romana e Apóstolica Religião Católica … hummm, muito estranho;

TODOS casaram sob os auspicios da Santa igreja Católica … humm;

TODOS, portanto foram acolhidos no seio daquela igreja e dela receberam os seus sacramentos. Élasse, se eram todos católicos, então foi a Igreja Católica quem esteve na génese do MOC.

Afinal no campeonato das ligações dos membros do MOC, os partidos são batidos de forma inapelável. Como remate desconhece-se quantos teriam ligações á Maçonaria, mas a consulta a quem percebe da poda, aparentemente, e nesta matéria, diz-nos que eram todos imaculados.

Espero muito sinceramente que este escrito sirva para demonstrar o disparate da alegação das “ligações com”, como se fosse algum estigma as opções que os cidadãos tomam em consciência, e por outro lado que se deixe de passar atestados de imberbidade a quem deu de si sem pensar em si, pois isso mais parece soberba.

Quem despeza o passado não pode ter um futuro brilhante.

A borboleta por muito colorida que seja, jamais conseguirá alterar a circunstância de ter nascido a partir de uma lagarta. Goste-se ou não se goste.

Oliveira Dias, Politólogo

Comments are closed.