breaking news

Odivelas – Assembleia Municipal de Odivelas em ambiente agitado aprova apenas o ponto 1 da ordem de trabalhos [Video]

Janeiro 29th, 2013 | by Antonio Tavares

amo_smasA TVL / Odivelas.com transmitiu hoje em Direto a totalidade da Assembleia Municipal de Odivelas.

A Reunião da Assembleia Municipal de Odivelas de hoje, dia 29/Jan/2013, pretendia aprovar os 2 pontos abaixo:

PONTO 1 – CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO E GESTÃO DOS SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA PARA CONSUMO PUBLICO E RECOLHA DE EFLUENTES DO CONCELHO DE ODIVELAS

PONTO 2 – DENÚNCIA DO ACORDO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EXISTENTE COM O SMAS DO MUNICÍPIO DE LOURES, INCLUINDO O RELATIVO A GESTÃO E RECOLHA DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS.

A Assembleia veio a aprovar apenas o Ponto 1 com os votos a favor do PS e PSD e, logo após a aprovação deste ponto, os trabalhos foram suspensos pelo presidente da Assembleia Municipal, Sérgio Paiva.

O Filme em anexo contém toda a Assembleia Municipal de Odivelas de dia 29/Janeiro/2013.

O Filme não tem qualquer edição e está publicado tal como foi recolhido.

A Legenda está errada a data da Assembleia é 29 de JANEIRO

2 Comments

  1. shs_88 says:

    Bom devido ao engano ou esquecimento do presidente da assembleia este deveria de ser demitido, pois omitiu a carta aberta.

    Depois refira-se que os Odivelenses andam a dormir, pois uma coisa é a não satisfação com os SMAS, outra coisa é a privatização, e VAMOS PAGAR MUITO MAIS.

    Já é ora deste executivo PS/PSD ir embora, sim porque o PSD tem efectuado a gestão conjunta da Câmara com o PS sendo que para mim são bem piores pois não foram eleitos e aprovam tudo emais alguma coisa, possivelmente tem a ver com as muitas avenças destes. Próximo Outubro não se esqueçam de votar novamente nos mesmos, ODIVELENSES abram os Olhos!

  2. filipasaojose says:

    Primeiro, gostava de dizer que se nota, “à distância”, como estes deputados, e os outros, apreciam a participação do público, aquela intervenção cívica, de que amíude (pq fica bem no discurso) se queixam que temos falta… Pouco tempo, assembleia “alargada”, para reduzir o espaço… Estive nessa assembleia para falar, como munícipe, pois apesar de ser trabalhadora da CM de Loures, moro neste concelho.
    Queria dizer aos “senhores eleitos”, que eu, munícipe deste concelho (logo eleitora), não quero a privatização das águas! O que se compra e vende são sapatos, malas, carros… A água não! Porque é um direito e é de todos e para todos! Os senhores não podem privatizar uma coisa que não lhes pertence! A quem serve esta ideia: privatizar? A nós, aos cidadãos? Porque “queremos muito”, que “alguéns” peguem em algo que é nosso, e ganhem muito dinheiro? O que nós queremos é, que aquilo que é de todos e para todos, seja gerido por forma a aumentar o nosso bem estar, a qualidade da nossa vida. Foi para isso que vos elegemos! Estive presente na reunião de câmara (24), aquela, que era para ser à porta fechada… e fixei 2 momentos da desfesa da senhora presidente, desta privatização. PRIMEIRO: disse que era a favor dos serviços públicos, mas a CM não tem dinheiro. O dinheiro da CM, aprece-me, é o nosso! Logo, não temos dinheiro, por isso vamos pagar mais!!? SEGUNDO: A urgência da decisão… «… é que vem aí a privatização vertical”, que é pior!» Ah sim? Para quem? Interessar-nos-á, a nós cidadãos, quem vai ganhar dinheiro à nossa conta? Que raio de lógica e de estratégia!!!! Oh senhora presidente, se o seu rumo, logo o desta autarquia, é o dos serviços públicos, esse é um objetivo que se percorre em passos, que têm eles próprios de ser objetivos, que ao mesmo tempo nos fazem avançar!
    Aos restantes deputados, quer na CM quer na reunião da AM, vários disseram (mesmo que não dissessem, qq um percebia) que o tempo foi pouco, para ler o documento de 80 páginas. Para ler… refletir parece nem ter passado no horizonte… Mas votaram! Como não hão-de os cidadãos desconfiar, cada vez mais dos políticos?
    Aos trabalhadores de Loures, meus colegas: Quantas vezes deixamos cair os braços, porque “eles”, referindo-se ao àqueles que elegemos, fazem o que querem… Olhem o que conseguiram! Fomos nós quem pôs este problema na “agenda” das adimistrações, quer da CM Odivelas, quer na CM Loures! «Nós nascemos para ter asas, meus amigos…»