breaking news

Odivelas – “O Pior Político É o que Não se Importa de Comprometer a Vida da Comunidade no Futuro” – Vereador Paulo Aido

Setembro 1st, 2013 | by Antonio Tavares

PAuloAido20130828Reunião Pública da Câmara Municipal de Odivelas, 28 de Agosto de 2013

Intervenção do Vereador Independente Paulo Aido.

Paulo Aido fez uma intervenção que começou por alguns requerimentos e depois na sua declaração política começou por referir-se à divida do Município de 45,4 Milhões de euros acrescida dos 65 Milhões à PPP “Odivelas Viva” que se traduzirão em pagamentos de rendas mensais de 240.000 durante 22 ou 23 anos, salientando que oficialmente se desconhece o valor real do que o Município terá de liquidar à PPP “Odivelas Viva” e que ainda recentemente a Câmara Municipal teve de proceder a um reforço de 500.000 euros no capital da “Odivelas Viva” que apresentava capitais próprios negativos nesse valor aproximadamente.

O Vereador Paulo Aido acusou o executivo de Susana Amador de um falhanço e falta de rigor no exercício de 2012 que conduziu a uma redução na receita de 36 Milhões de euros e na passagem de um saldo negativo de 16,2 Milhões de euros para o exercício de 2013.

Quanto às verbas para a Ação Social, Paulo Aido considerou que são uma história mal contada dado que mais de 2 Milhões são para o Ordenamento do Território, 11 Milhões para Aguas Residuais, 2 Milhões para Proteção e Conservação da Natureza, 600.000 euros para a Cultura e 1 Milhão para o Desporto e Lazer.

Considerando o “Pavilhão Multiusos” a obra do regime, Paulo Aido falou ainda da demolição do complexo do Odivelas FC transformado num terreno baldio abandonado, das duas Unidades de Saúde construídas pelo Governo Central, das Refeições nas Escolas para as Crianças cuja qualidade não é Fiscalizada, na Revista Municipal que fala em 14 Fotografias da Presidente Susana Amador e dos seus livros de cabeceira, do filme da sua vida, da música de que mais gosta, das suas férias de sonho e do seu recanto de Odivelas, do “Verão em Obra” que fala de construções não realizadas, do “Odivelas às Compras” que contém lojas encerradas e que apenas mostra 10 artérias de Odivelas e que custou 47.930 euros e que contou com 26.770 euros do Modcom e que não permite comercio Online.

Mais a frente o Vereador Independente Paulo Aido salientou os 58% do crescimento do desemprego em Odivelas e, falando da Agenda para o Desenvolvimento que se traduziu em visitas as empresas (interditas à Comunicação Social) e terminou num almoço que o Vereador criticou, salientou que uma grande empresa, a VELAN Portugal, não foi visitada.

Falando do abandono do Património, Paulo Aido referiu o caso do Palacete da Qta. do Espanhol , em estado de degradação e que o Município adquiriu por cerca de 1 Milhão de euros e da Capela da Qta. das Águas Férreas que se encontra em ruinas.

Declaração Política do Vereador Independente Paulo Aido em formato PDF

Comments are closed.