breaking news

ODIVELAS/PÓVOA SANTO ADRIÃO/OLIVAL BASTO – Patos-reais estão a morrer devido a doença contagiosa

Setembro 25th, 2013 | by Miguel Durão

pato_realVários patos-reais apareceram mortos em algumas zonas do Rio da Costa e Ribeira de Odivelas nas freguesias da Póvoa de Santo Adrião, Olival Basto e Odivelas.
Esta situação ficou a dever-se a uma doença infecto-contagiosa, específica destes patos, não sendo transmissível às restantes espécies que habitam no rio e suas margens.
Também no Concelho de Loures foram detectados animais mortos, ultrapassando mais de uma centena de indivíduos no conjunto dos dois concelhos.
A primeira ocorrência verificou-se, precisamente, no concelho vizinho, tendo sido chamado o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR que, logo na altura, enviou para análise alguns cadáveres recolhidos.
A Câmara de Odivelas ficou a aguardar o resultado destas análises, pelo que suspendeu o envio para incineração dos patos recolhidos no seu território.
Os resultados apontam, então, para infecção bacteriana que afecta exclusivamente os patos, não havendo, até à data, registo de mortalidade em nenhuma outra espécie animal que habite no rio ou nas suas margens. Este facto exclui, também, a possibilidade de morte causada por envenenamento ou de origem toxicológica.
O Gabinete Veterinário Municipal da Câmara de Odivelas vai manter o rio sob vigilância sanitária para recolha e incineração de mais cadáveres e eventual captura de animais vivos para monitorização/tratamento pelo Centro de Recuperação de Animais Silvestres de Lisboa, no Monsanto.

Miguel Durão

 

Comments are closed.