breaking news

ODIVELAS: PRESIDÊNCIA DA CÂMARA SUPRIME ELEITO DO CDS

Maio 29th, 2014 | by José Maria Pignatelli
ODIVELAS:  PRESIDÊNCIA DA CÂMARA SUPRIME ELEITO DO CDS
Destaques
0

topo_pignatelliO nosso quotidiano faz-se de um conjunto de detalhes. Os nossos êxitos ou insucessos são fruto de um somatório desses pormenores. Os fracassos sucedem pelo menor empenho em fazer bem feito, pela incompetência, enquanto os nossos triunfos ocorrem pelo desempenho profícuo e preocupado para com quem servimos e também para com quem nos subvenciona ou protege, garantindo o salário mensal, independentemente da justeza da remuneração que cada um de nós aufere. Listagem de viaturas autorizadas ao estacionamento Paços do Concelho

Naturalmente, alguns desses detalhes do nosso quotidiano não nos devem atormentar, nem lhes devemos dar grande relevância. Mas entre os insignificantes, encontramos factos inexplicáveis que demonstram claramente a falta de lisura de políticos com responsabilidades acrescidas, porque ganharam nas últimas eleições autárquicas do Outono de 2013. E deles esperam-se os melhores exemplos.

Não é que o episódio me inquiete em particular: Mas equaciono a atitude em causa, de uma prepotência estúpida. Esta manhã fui surpreendido com o facto dos serviços da presidência da Câmara de Odivelas ignorarem – pura e simplesmente – a existência de qualquer eleito da coligação «Odivelas Merece Mais», que foi constituída pelo CDS, MPT e PPM. Isso mesmo encontra-se plasmado na listagem de viaturas autorizadas a parquear no estacionamento dos Paços do Concelho. Eram 9 horas e 30 minutos, pontualmente, e, pela segunda vez, estacionei o carro no mencionado parqueamento, para poder estar à hora marcada para uma reunião de uma das comissões municipais de especialidade. De pronto, fui confrontado por uma funcionária da empresa de segurança que não podia estacionar no espaço: Não só o meu nome não se encontrava na lista que lhe foi distribuída, como era persona desconhecida para o funcionário da presidência Hélder Almeida que entretanto espreitava do alto da varanda, a actuação da segurança.

Ora como o espaço também de destina aos líderes das bancadas políticas da Assembleia Municipal, não perdi mais tempo porque importava cumprir um horário que aceitei. Limitei-me a pedir explicações. Eis que sou acareado com a lista que se publica junto: Estavam lá todos os líderes de bancada, menos qualquer representante da coligação «Odivelas Merece Mais» que também foi sufragada nas eleições autárquicas. O pior estava para acontecer duas horas e meia depois: O chefe de gabinete da Sra. Presidente da Câmara não teve a humildade nem a franqueza de reconhecer o lapso, sugerindo que promovesse um requerimento em sessão da Assembleia Municipal para que me fosse dada uma resposta. Além de assumir protagonismo prepotente, retratou incompetência.

Mais uma vez, fiquei com algumas certezas:

  • Os mais de 48 funcionários do gabinete de Comunicação e Modernização Administrativa da Câmara Municipal ainda são poucos para promoverem uma comunicação básica entre serviços do município;

  • A administração socialista da Câmara Municipal insiste em não respeitar os seus pares que também receberam votos dos munícipes, menos é certo, mas foram eleitos da mesma forma democrática;

  • Que em Odivelas há autarcas que se preocupam mais com o acessório que com o essencial;

  • Que determinados representantes da política partidária, mesmo que tenham maior literacia, são culturalmente insipientes e surpreendentemente autocratas;

  • A avaliar pela lista de viaturas autorizadas a estacionar nos Paços do Concelho, há catorze funcionários do gabinete da Sra. Presidente que são muito mais importantes que os eleitos;

  • Que não somos realmente governados por mulheres e homens de clarividência e sucesso, mas antes por uma nova classe política pós-revolucionária, improficiente e ávida de poder.

J.M. Pignatelli

Requerimento – Autorização para estacionamento Paços do Concelho

Comments are closed.