breaking news

Os 42 Anos da Juventude Popular

Novembro 4th, 2016 | by Antonio Tavares
Os 42 Anos da Juventude Popular
Politica
0

Recebemos da Juventude Popular de Odivelas o seguinte comunicado sobre os 42 anos da Juventude Popular:
COMUNICADO SOBRE OS 42 ANOS DA JC (JUVENTUDE POPULAR):
“42 Anos depois estamos mais fortes do que nunca. 42 Anos depois do assalto que não nos derrubou no Teatro S.Luíz tornámo-nos mais fortes, numa Juventude com posições firmes, assumidas e reconhecida no plano político nacional. A Juventude Popular assume-se e lidera a oposição ao actual Governo das Esquerdas, mostrando-se mais unida do que nunca!

42 Anos depois do cerco ao 1º Comício da JC que deixou sequestrados os dirigentes centristas que nele se encontravam no Teatro S.Luíz voltamos a recordar a memória dos nossas pais fundadores desta vez no histórico Hotel Cidadela em Cascais. Não esquecemos o assalto à Sede Nacional do CDS (já então no Caldas) mas convivemos bem com o Estado de Direito. Não esquecemos que o Governo das Esquerdas não difere assim tanto ideologicamente dos revolucionários do PREC que nos cercaram a 4 de Novembro de 1974, mas respeitamos a legitimidade democrática de um Governo suportado por uma maioria parlamentar. Perguntamos, contudo, se voltássemos 42 Anos atrás se o PS teria enveredado por esta perigosa e inconsequente deriva esquerdizante?

42 Anos depois o CDS-PP tem pela 1ª vez uma líder mulher na sua história. 42 Anos depois a Juventude Popular cresce a olhos vistos por todo o País, cria Concelhias, completa Distritais e faz com que os seus antepassados tenham orgulho na estrutura jovem em que se tornou. 42 Anos depois elegemos pela 1ª vez um Deputado Regional nos Açores, presidente da comissão política regional dos Açores da Juventude Popular. 42 Anos depois vamos celebrar esta efeméride e recordar o nosso patrono, Adelino Amaro da Costa, aquele que nos inspira através das suas histórias na “História de uma Vida interrompida”!
#Juventudepopular #42AnosJC #4Novembro1974 #AdelinoSempre

Saudações Centristas
João Pedro Galhofo
Presidente JP Odivelas

Comments are closed.