breaking news

Odivelas FC – A Verdade e os Sapateiros (Como tudo começou)

Fevereiro 21st, 2017 | by Antonio Tavares
Odivelas FC – A Verdade e os Sapateiros (Como tudo começou)
Desporto
0

Aqui reproduzimos o Boletim Municipal da CM de Loures nº 102 Dez/92 – Fev/93, onde está referido o protocolo de cedência de terrenos ao Odivelas FC de aproximadamente 9 hectares (90.000 m2):  Boletim Municipal 102 Loures


Loures – Boletim Municipal nº 102 – Dezembro 92 /Fevereiro 93

Odivelas avança com complexo desportivo gigante

A Câmara Municipal e o Odivelas Futebol Clube assinaram, em meados de Dezembro passado, um protocolo de cedência de terrenos municipais, situados na Qtª do Porto Pinheiro, nas Patameiras, o que permitirá dar inicio à construção do Complexo Desportivo de Odivelas.

Na cerimónia, que teve lugar na Sociedade Musical Odivelense, estiveram presentes dirigentes do clube, o presidente da Câmara, engº Demétrio Alves, o vereador Francisco Pereira, o presidente da Junta de Freguesia de Odivelas, Carlos Raimundo, o representante da Direcção Geral dos Desportos, Coronel Oliveira Santos, o representante da Associação de Futebol de Lisboa, Major Baptista da Silva, e o Vice-Governador Civil de Lisboa, Machado Lourenço.

Este complexo desportivo que, conforme salientou o presidente da Câmara, é o terceiro maior espaço desportivo do país, terá uma área aproximada de 9 hectares e estará equipado com um campo de futebol relvado e com bancadas, um campo relvado com oito pistas de atletismo, um campo pelado, um pavilhão gimnodesportivo, quatro campos de ténis, duas piscinas (uma das quais coberta), um anfiteatro ao ar livre, um ringue de patinagem, uma pista de skate, parque infantil, um pavilhão de profissões, uma biblioteca, espaços de lazer e cultura, dos quais usufruirá a população de Odivelas, em particular, e do resto do concelho, em geral.

Estando a conclusão deste complexo prevista para daqui a sete anos, Demétrio Alves definiu a efeméride como «a semente de algo que no futuro será muito importante», referindo-se a este espaço como «uma obra com os olhos voltados para o século XXI» e «o exemplo mais importante da mais valia conseguida para o poder local, através da cooperação com o Estado, a sociedade civil, os interesses económicos e outros.

Nesta perspectiva o presidente da Câmara acrescentou ainda que «o nosso trabalho tem muito a ver com este projecto: estimular as forças vivas e apoiá-las, mas não fazer tudo». Demétrio Alves referiu-se ainda à vontade e tentativas da Câmara para que nasçam pólos como este em todo o concelho, que permitam à população a prática desportiva, condição de uma maior qualidade de vida.

Por seu turno o Vice-Governador Civil de Lisboa defendeu também que uma obra como esta «é um sonho colectivo que tem que ser feito com a colaboração de todos», tendo pois a Administração Central a obrigação de o financiar.

As obras tiveram inicio no próprio dia da assinatura do protocolo de colaboração, tendo-se deslocado ao novo terreno as entidades oficiais e largas dezenas de pessoas que não quiseram perder este dia tão importante para a sua freguesia e concelho.

Esta iniciativa foi também de grande significado para o clube, cujo presidente, Dr. Pais Martins, afirmou ser este «um dos dias em que me sinto plenamente realizado e feliz, com a concretização de uma ambição de 14 anos.»

O novo espaço, multifuncional, foi sempre uma das maiores aspirações do Odivelas Futebol Clube, para o qual, «não há desporto sem educação e educação sem desporto». Em relação ao protocolo então assinado, o Dr. Pais Martins, salientou ainda que «o verdadeiro protocolo foram o início das obras.»

Além da cedência dos terrenos, a Câmara comparticipará ainda com cerca de 30% dos financiamentos necessários, desde que o Clube tenha garantida a restante comparticipação. De acordo com o protocolo agora estabelecido, a gestão dos equipamentos ficará à responsabilidade do Odivelas Futebol Clube, que o deverá fazer de forma social e desportivamente correcta, participando em acções e projectos conjuntos com o Município, nas vertentes para que está vocacionado e os materiais permitam.

Legendas das fotos:

Em cima à esquerda: Maquete do projecto, cuja conclusão se prevê para daqui a sete anos

No centro: O presidente da Câmara, engº Demétrio Alves, e o presidente do Odivelas Futebol Clube, quando assinavam o protocolo que dará ao concelho o terceiro maior espaço desportivo do país

Página original do Boletim Municipal de Loures

Comments are closed.