breaking news

Odivelas: Carta Aberta ao Sr. Vereador do Desporto, Paulo César

Março 31st, 2017 | by Antonio Tavares
Odivelas: Carta Aberta ao Sr. Vereador do Desporto, Paulo César
Desporto
0

Caríssimo Vereador do desporto da C.M. de Odivelas,

Sr. Paulo César,

Eu, Virgílio Pereira, membro dos Órgãos Sociais da UDR Santa Maria, confesso que fiquei estupefacto com a sua intervenção na ultima Assembleia Municipal de Odivelas, reparei que o sr. ficou muito nervoso perante algumas observações e questões colocadas por um cidadão/morador do Bairro Santa Maria sobre algumas matérias e a atenção/apoios dados a determinados clubes, ignorando a Instituição U. D. R. Santa Maria desses mesmos apoios.

Tendo em conta o seu cargo e responsabilidade perante as Instituições e cidadãos do Concelho de Odivelas, mandava o bom senso, informar-se melhor sobre as barbaridades maliciosas ditas por si, dando a entender que naquele clube/Bairro só existem malfeitores e que os problemas resolvem-se à paulada tipo Faroeste.

Como cidadão nascido e criado no Bairro e dirigente da U. D. R. Santa Maria, sinto-me insultado/ofendido com tais acusações proferidas por si sobre as agressões e vandalismo praticado em viaturas porque as mesmas são falsas, desrespeitosas e graves.

É lamentável que o senhor tenha utilizado a Instituição U.D.R. Santa Maria de forma indecorosa para justificar apoios dados a um clube (C.A.C.), o qual, como todas as pessoas sabem, tem processos judiciais a decorrer no Ministério Público pelo desaparecimento de dinheiros Públicos (109,500 €) que lhes foram atribuídos para a reconstrução do campo, fica-lhe mal, muito mal diga-se… o senhor louva e apoia o clube dos inocentes, do qual alguém lhe contou essa mentira das pauladas, assim como outras mentiras que são públicas e que o sr Vereador bem sabe e continua a julgá-los como clube exemplar.

Mais, informo que à data da confusão sobre a cedência do campo do S. Maria à equipa de futebol feminino do CAC, o então Presidente do CAC entrou pela sede do clube a exigir em forma provocatória e mal-educada o uso do campo a mando do dr Carlos Lérias, ao qual os dirigentes do clube presentes recusaram ceder porque não tinham qualquer conhecimento e também transmitiram que quem manda no campo é o clube e não a CMO. A partir desse momento, as relações entre a CMO e a UDR Santa Maria que já eram distantes, pior ficaram.

O atual vice-presidente do Santa Maria sr. Nuno Vicente, nessa data era o diretor Desportivo do CAC, o mesmo pode desmentir tudo o que você disse e confirmar o que aqui escrevi.

Recordo que essa equipa de futebol feminino tinha 3 atletas nascidas e criadas no Bairro, 2 delas filhas de um diretor do S. Maria que as acompanhava nessa altura.

Posteriormente e através da minha pessoa o Santa Maria resolveu as divergências directivas com o CAC sem pauladas como o senhor quer transparecer, e cedeu as suas instalações ao CAC para realizar o campeonato de Juniores. Por isso veja a ignorância dos disparates insultuosos que foram ditos!

Reparei na forma arrogante e prepotente como falou sobre os direitos que a CMO tem sobre o campo, até parecia o dono do mesmo, relembro que são as horas livres que o clube deve ceder à C.M.O. como vêm referidas no protocolo, assinado sem estar reconhecido no Notário (?) e que o clube tem respeitado, apesar do prejuízo causado e, a equipa do TOCOF, pode confirmar.

Gostava de saber, se a obra/Instalações em causa não têm garantia, se tiverem porque não foram acionadas? Qual a razão de ser obrigatoriamente a UDR Santa Maria a ceder as suas instalações e não outras Instituições sediadas em Odivelas que também usufruem dos mesmos protocolos com direitos e deveres.

Recordo-lhe que o clube ao longo destes 3/4 anos tem feito vários reparos e reclamações junto dos vossos gabinetes (dr Carlos Lérias) sobre os defeitos da obra inacabada e a evolução dos mesmos, as quais, passo a citar, foram ignoradas até há bem pouco tempo, foram tantas as promessas e desculpas, só visto… sei o que digo porque fui eu que tratei deste assunto até há bem pouco tempo, só após um desagrado de vossa excelência por causa de uma entrevista dada a um órgão de Comunicação Social pelos dirigentes do clube é que a CMO mostrou atenção e disponibilidade para colaborar com a Instituição.

Não sei se já percebeu Sr. Vereador do Desporto de Odivelas, o clube há 3 anos atrás tinha perto de 50 atletas e hoje tem perto de 300 atletas, o senhor tem conhecimento ou noção do crescimento do nosso clube?… já o comparou com a sua equipa modelo?…parece que um tende crescer e o outro a desaparecer, já agora qual deles tem mais atletas do Concelho de Odivelas a praticar desporto?

Voltando às acusações sobre viaturas vandalizadas do exterior do campo, essa acusação é de todo maldosa e indecorosa, senão vejamos, desafio-o a perguntar à polícia e à AFL se têm alguma queixa de pais, atletas ou clubes adversários de serem mal tratados ou terem as suas viaturas vandalizadas. Por aqui se vê a ignorância e desprezo que o senhor tem com a Instituição U. D. R Santa Maria, os seus associados, adeptos e pais.

Agradeço que o Sr. Vereador do Desporto de Odivelas, repense na sua intervenção na Assembleia Municipal e peça desculpa pelo desrespeito como tratou os sócios, adeptos e pais da UDR Santa Maria.

Cidadão e dirigente da UDR Santa Maria,

Virgilio Pereira

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *