breaking news

Obras à pressa nos antigos campos do Odivelas Futebol Clube

Agosto 23rd, 2017 | by Odivelas.com

“É mais uma trapalhada da governação PS-PSD que não tem obra para mostrar aos eleitores em vésperas das Autárquicas”, afirma o deputado José Maria Pignatelli.

Começaram as obras no que resta do complexo desportivo do Porto Pinheiro, antigas instalações do Odivelas Futebol Clube. Os trabalhos acontecem no designado campo número dois que outrora era um relvado natural, mas sem que se perceba em que se concretizam.
Contudo, esta situação levanta outra ambiguidade, a quem pertence a obra: à Câmara Municipal de Odivelas ou ao Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, instituição com quem a autarquia assinou recentemente um protocolo de cedência do espaço?
Dois fiscais dos serviços municipalizados informaram-nos que a obra era da iniciativa da Câmara, enquanto o responsável no local do empreiteiro (a empresa Jerónimo dos Santos Cardoso, especializada em terraplanagens, com sede em Gondomar) assegurava que se encontravam a trabalhar para um cliente que era precisamente o Sindicato dos profissionais de futebol.
Aliás, os mesmos trabalhadores do empreiteiro foram identificados pela PSP – chamada ao local por um grupo de associados do Odivelas Futebol Clube – e mantiveram a posição de que o dono da obra era a instituição representante dos futebolistas profissionais.
Assim, levanta-se uma outra questão, a da legalidade da intervenção, pois desconhecesse-se a existência de qualquer projeto aprovado pelos órgãos municipais e, no local, nem sequer estava à vista qualquer edital com o licenciamento da obra.
Ainda pouco compreensível era o facto das terras removidas estarem a ser depositadas sobre a caixa de drenagem do antigo relvado principal do campo do Odivelas Futebol Clube que foi demolido pelo Sporting Clube de Portugal.
Sobre o tema ouvimos o deputado municipal José Maria Pignatelli que se mostrou surpreendido com a situação, considerando-a como “mais um disparate do Executivo camarário PS e PSD”.
Para o autarca, importa “esclarecer quem é o dono da obra e em que consiste”.
José Maria Pignatelli não tem duvida que o sucedido “é mais uma trapalhada da governação PS-PSD que não tem obra para mostrar aos eleitores em vésperas das Autárquicas” e que “é revelador da gestão do município incapaz feita de medidas casuísticas e sem estratégia a prazo, que é a mesma desde as primeiras eleições para o concelho, em 2001, sempre da responsabilidade do Partido Socialista e do Partido Social Democrata”.

Comments are closed.